Doação de Órgãos: Coisas importantes devem ser ditas em vida!

Doação de Órgãos: Coisas importantes devem ser ditas em vida!

Confira esta informação para você garantir o seu desejo para a doação.

Faça o bem sem olhar a quem, a doação de órgãos e tecidos é um gesto nobre e solidário que pode salvar e melhorar a qualidade de vida de muitas famílias e mesmo com a partida, você pode fazer a diferença.

Todos nós já somos considerados doadores e a confirmação é simples e não precisa de documentos, basta comunicar aos seus familiares o desejo de ser doador. As únicas restrições são para doação de pulmão por pessoas fumantes e portadores de HIV ou doenças infecciosas ativas.

A retirada dos órgãos só é realizada após a confirmação da morte encefálica (parada definitiva e irreversível do cérebro e tronco) e com a autorização dos familiares (informados do desejo de realizar a doação) para os médicos, hospital ou à Central de Transplante mais próxima.

Esse procedimento não impede que a cerimônia de despedida seja realizada, uma vez que o procedimento de doação de órgãos segue todas as normas da cirurgia moderna. Vale lembrar a grande importância do diálogo com seus familiares sobre o desejo de ser doador. Muitas vezes, por dúvida do familiar, não são feitas as doações. Um único doador tem chance de salvar mais de 20 vidas.

Seja doador, seja solidário, pois da vida nós não levamos nada, entretanto podemos ser esperança e um novo começo para muitas pessoas.

Coisas importantes devem ser ditas em vida! Seu ponto final, pode ser o recomeço de alguém.

Informe aos seus familiares que você deseja ser doador de órgãos e salvar vidas.

Fonte: http://www.adote.org.br